metropoles.com

Cientistas descobrem segunda mutação genética resistente ao HIV

Gene relacionado a doença muscular permite espécie de imunidade natural ao vírus. Achado pode ajudar no desenvolvimento de novos remédios

atualizado

Compartilhar notícia

Unsplash/Divulgação
laboratório
1 de 1 laboratório - Foto: Unsplash/Divulgação

Uma descoberta feita por pesquisadores espanhóis pode significar uma nova esperança para pacientes com HIV. Uma mutação genética rara relacionada à distrofia muscular de cinturas (DMC) permitiria uma imunidade natural contra o vírus da aids. De acordo com os cientistas, a informação pode abrir caminho para o desenvolvimento de novas drogas contra o HIV. O estudo foi publicado na revista americana PLOS Pathogens.

Segundo os autores do trabalho, a mutação atinge o gene Transportina 3 (TNPO3). Ele foi identificado em uma família espanhola afetada pela DMC. Os médicos tiveram a ideia de infectar em laboratório amostras de sangue dessa família com o HIV após descobrirem que outra equipe de pesquisadores estudava justamente o papel desse gene no transporte do vírus da aids para o interior das células.

Após a experiência, os médicos observaram que os linfócitos (células de defesa do organismo) da família apresentavam uma resistência natural contra o HIV, pois o vírus não foi capaz de infectar as células.

Os cientistas ainda não sabem o motivo, mas pelo menos 5% dos pacientes infectados com o HIV não desenvolvem a doença. Até o momento, apenas uma outra mutação genética rara – do gene CCR5 – tinha sido identificada como capaz de inibir a propagação do vírus. Conhecido como o “paciente de Berlim”, Timothy Brown se livrou do HIV após passar por um transplante de medula que lhe permitiu ter essa mutação.

O número de pessoas infectadas pelo vírus HIV no Brasil cresceu 21% nos últimos oito anos. Os dados brasileiros vão na contramão dos números globais, que tiveram queda de 16% entre 2010 e 2018. As informações foram divulgadas em 16 de julho pelo programa conjunto das Nações Unidas que trabalha exclusivamente sobre o tema, o UNAIDS.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comSaúde

Você quer ficar por dentro das notícias de saúde mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações