Casos de diabetes tipo 2 em crianças dobraram na pandemia, diz estudo

O diabetes tipo 2 é de longe o mais comum e está associado à obesidade, dieta inadequada e falta de exercícios

atualizado 28/06/2021 19:33

smirkdingo, Istock

Médicos norte-americanos verificaram que os casos de diabetes tipo 2 em crianças mais do que dobraram durante a pandemia de coronavírus em um hospital da Louisiana, nos Estados Unidos. Os resultados são de uma pesquisa apresentada na última sexta-feira (25/06). Os pesquisadores dizem que a gravidade, além dos números, também aumentou.

O Dr. Daniel Hsia, professor associado do Centro de Pesquisa Biomédica Pennington em Baton Rouge, Louisiana, e seus colegas analisaram a taxa de hospitalização do Hospital Infantil Our Lady of the Lake. De março a dezembro de 2019, a taxa foi de 0,27% – 8 casos em 2.964 internações. Durante o mesmo período de 2020, a taxa saltou para 0,62% – 17 casos em 2.729 hospitalizações.

O médico reconhece que sua amostragem é pequena. “São números muito pequenos”, disse Hsia à CNN. “Somos um único hospital, mas pensamos que podemos ser um microcosmo do que está acontecendo em todo o país.”

O diabetes tipo 2 é de longe o mais comum e está associado à obesidade, dieta inadequada e falta de exercícios.

“Fatores de risco para diabetes tipo dois podem piorar ainda mais durante um período como este, onde eles têm que ficar em casa, e não têm acesso a alimentos saudáveis ​​e atividades físicas, e há distúrbios do sono”, disse Hsia.

 

Últimas notícias