metropoles.com

Cão farejador pode ajudar a reconhecer pessoas com coronavírus

Especialistas acreditam que animais treinados seriam eficientes para identificar pessoas com a Covid-19

atualizado

Compartilhar notícia

Will Malott/Unsplash
cachorro farejando
1 de 1 cachorro farejando - Foto: Will Malott/Unsplash

De acordo com especialistas, cães farejadores podem ajudar a identificar pacientes com coronavírus. Os animais, que são utilizados para encontrar drogas em aeroportos ou pessoas desparecidas em desabamentos, também são eficientes em reconhecer pacientes com Parkinson, malária e até alguns tipos de câncer. A ideia agora é que aprendam a farejar a Covid-19.

Em entrevista ao Daily Mail, o professor James Logan, da Escola Londrina de Higiene e Medicina Tropical, explica que os vírus respiratórios, como o coronavírus, mudam os odores do corpo, situação que pode ser detectada por cães farejadores. “Pode se tornar uma ferramenta de diagnóstico, tem um potencial de revolucionar a nossa resposta à Covid-19”, diz.

Segundo Claire Guest, chefe executiva da instituição inglesa de caridade Medical Detection Dogs (cães de detecção médica, em tradução livre), “não há razão pela qual este plano não funcionaria”, mas é preciso cerca de seis semanas para treinar os animais. Outro problema é como tornar o treinamento seguro devido à alta transmissibilidade do vírus.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comSaúde

Você quer ficar por dentro das notícias de saúde mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações