Brasil vai comprar mais 10 milhões de doses, diz fabricante da vacina Oxford

Diretor do Instituto Sérum, que fabrica a fórmula Oxford/Astra Zeneca na Índia, afirmou à CNN que novo lote de vacinas chega em fevereiro

atualizado 25/01/2021 16:19

Chega ao Brasil avião com 2 milhões de doses da vacina Oxford/AstrazenecaFábio Vieira/Metrópoles

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) deve receber em fevereiro mais 10 milhões de doses da vacina contra Covid-19 produzida no Instituto Serum, da Índia, com a fórmula desenvolvida pela Universidade de Oxford com o laboratório AstraZeneca.

Um dos diretores-executivo do instituto indiano, Suresh Jadhav, afirmou à CNN que “as negociações estão acontecendo e em um estágio avançado”. Jadhav se disse confiante de que a empresa conseguirá a “quantidade que o Brasil precisar” em “um curto período de tempo”.

O executivo disse que a prioridade de entrega continua sendo para os países vizinhos e os que ainda não receberam doses, mas garantiu que o envio da nova remessa não deve atrasar novamente, como aconteceu com as primeiras 2 milhões de doses, cuja importação coincidiu com o início da campanha nacional de imunização da Índia.

Duas milhões de doses da vacina Oxford/ AstraZeneca chegaram ao país na última sexta-feira (22/1). Elas começaram a ser aplicadas no dia seguinte, no campus de Manguinhos, zona norte do Rio de Janeiro, e também foram distribuídas para várias partes do país.

 

0

 

 

Últimas notícias