Bebê engole enfeite de Natal e médicos levam 11 dias para notar

Menina foi mandada de volta para casa duas vezes pela equipe médica antes do objeto, que estava alojado em sua garganta, ser detectado

The Medical Journal of Australia/Heyworth

atualizado 09/12/2019 16:09

Uma criança de apenas 9 meses de idade passou por maus bocados após engolir um enfeite de Natal. A garota engasgou com uma estrela de plástico, na Austrália. Por 11 dias, ela teve febre intensa, respiração entrecortada e chegou a cuspir sangue. Os pais a levaram ao médico várias vezes, mas somente na terceira visita o objeto foi detectado por exames de imagem.

A menina foi operada no Hospital Universitário de Gold Coast. O caso foi registrado no Medical Journal da Austrália pelos médicos Paul Heyworth e Ryan Shulman, que atenderam a garota. Diagnosticada com bronquiolite, ela recebeu tratamento hospitalar por três dias.

A princípio, a equipe médica achou que a garota estava engasgando com a própria saliva. Após os três dias de internação, a menina foi mandada para casa. Como os sintomas permaneceram, os pais a levaram de volta ao hospital seis dias depois. Os médicos, então, decidiram fazer exames de imagem em seu pescoço.

Os exames mostraram um abscesso pressionando as vias aéreas da paciente, além de um objeto com o formato de uma pequena estrela de cinco pontas.

0

A equipe médica levou a garotinha para a cirurgia para drenar o abscesso e cortar a estrela, que havia se alojado em sua garganta. Felizmente, a garota recuperou-se completamente.

No relatório, os médicos escreveram que, “apesar de sua natureza flexível, as pontas agudas das estrelas de confete parecem aumentar o risco de acomodação no trato aerodigestivo superior, e suas superfícies refletivas atraem os interesses de crianças pequenas com propensão a colocar os objetos na boca”. (Com informações do portal Daily Mail)

Últimas notícias