Aprenda a fazer substituições inteligentes para economizar no mercado

Com a alta nos preços, é importante fazer compras inteligentes e trocar comidas caras por opções mais em conta

atualizado 13/05/2022 15:15

Fotografia colorida de corredor de supermercado com carrinhoupermercadoDivulgação

O preço dos alimentos comuns no nosso dia a dia está subindo cada vez mais, o que torna as compras nas feiras e supermercados um desafio maior. Para ajudar a solucionar esse problema, é importante aprender como fazer substituições inteligentes de alimentos caros para manter o padrão nutricional à mesa mesmo diante da alta dos preços.

Veja as dicas:

Não faça trocas de alimentos de categorias diferentes

Troque, mas mantenha produtos na mesma categoria de alimentos: uma fonte de proteína por outra, um carboidrato por outro carboidrato. Isso fará com que a sua alimentação permaneça equilibrada.

Tubérculos

Os tubérculos e raízes são fontes importantes de carboidrato na nossa alimentação. É interessante notar como a batata não é mais rica nesse nutriente do que outras raízes típicas do nosso país: 100g de batata cozida (12g de carboidratos) podem ser substituídas por 40g de mandioca cozida (12g de carboidratos) ou 60g de mandioquinha cozida (12g de carboidratos), por exemplo.

Vitamina C

A vitamina C é um dos melhores antioxidantes que existem e está relacionada à prevenção de diversas doenças por melhorar colaborar com o sistema imunológico. Rico em vitamina C, 100g de tomate possuem 20mg do nutriente, por exemplo. Esse produto pode ser substituído por 20g de pimentão verde ou 100g de acelga, que possuem a mesma quantidade da vitamina.

Veja na galeria alimentos que ajudam a aumentar a imunidade:

0

Outra opção é o morango. A fruta é cultivada em baixas temperaturas, por isso seu preço costuma cair no inverno. Enquanto isso não acontece, é uma boa época para comprar goiaba, outra excelente fonte de vitamina C. Para substituir 100g de morango, que tem 60 mg do nutriente, a dica é optar por 85g de kiwi ou 60g de goiaba.

Leia a reportagem completa no Guia da Cozinha, parceiro do Metrópoles.

Mais lidas
Últimas notícias