Anvisa derruba regra de retenção de receita para ivermectina e nitazoxanida

Segundo o órgão, não há mais risco de desabastecimento dos remédios e, por isso, podem voltar a ser vendidos com receita comum

atualizado 01/09/2020 14:54

remédios em fundo azulMyke Sena/Esp. Metrópoles

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu, nesta terça-feira (1º/9), revogar a regra que determinava a retenção de receita médica para vender os medicamentos ivermectina e nitazoxanida. Agora, é preciso apresentar apenas uma receita simples. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Os remédios têm sido muito procurados por conta da epidemia de Covid-19, apesar de não terem nenhuma comprovação de eficácia em seres humanos até o momento. Segundo a Anvisa, a regra mudou, pois não há mais risco de desabastecimento dos medicamentos no mercado. Ainda é preciso recomendação médica para adquiri-los.

A decisão ocorre algumas semanas após o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmar, durante uma live, que as farmácias não iriam reter mais as receitas para compra de hidroxicloroquina e ivermectina. A hidroxicloroquina não entra na nova regra da Anvisa, e ainda é preciso apresentar receita em duas vias para adquirir o medicamento.

0

Últimas notícias