“Ansioso pelo resultado”, diz 1º do DF a receber vacina contra Covid-19

Na manhã desta quarta-feira (5/8), serão aplicadas doses em dois voluntários. À tarde, mais três irão ao Hospital Universitário de Brasília

atualizado 05/08/2020 14:13

O primeiro voluntário do Distrito Federal a receber uma dose da candidata à vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac Biotech chegou cedo ao Hospital Universitário de Brasília (HUB), nesta quarta-feira (5/8). Como previsto, o médico goiano Gabriel Ravazzi (foto em destaque), 31 anos, iniciou o processo às 9h: “Estou ansioso. Mais pelo resultado”.

0

Ele é clínico geral e gastroenterologista do HUB e do Hospital de Base do DF (HBDF) e passará agora por um minucioso processo: triagem, avaliação de sinais vitais, consulta médica, coleta de exames, teste rápido, coleta de amostra para RT-PCR. Depois disso, ele ficará em observação para, então, receber a primeira dose da injeção.

Os procedimentos serão realizados no Ambulatório 2 do HUB, onde também estão sendo realizados exames eletivos e há pouco fluxo de pessoas. A coordenação dos testes está a cargo do professor Gustavo Romero, da Faculdade de Medicina da Universidade de Brasília. Ele também chegou cedo ao local para receber o primeiro voluntário.

Doutor Gustavo Romero chega para testes de vacina Covid-19
Doutor Gustavo Romero, coordenador do estudo da vacina contra Covid-19 no Distrito Federal

Na manhã desta quarta-feira (5/8), duas pessoas receberão a dose. À tarde, mais três voluntários são aguardados para realizar o mesmo processo.

Os testes da vacina, que está na fase 3 de desenvolvimento, serão feitos em 850 voluntários no DF. Todos serão profissionais de saúde que ainda não tiveram a doença. A imunização testada em Brasília é inativada e aplicada em duas doses, com intervalo de 14 dias entre elas.

0

Últimas notícias