Agência dos EUA pretende autorizar vacina nos próximos dias, diz secretário

Ordem da FDA será dada à medida que informações à respeito da segurança do medicamento forem fornecidas, segundo a agência reguladora

atualizado 11/12/2020 10:45

vacinaPixabay

O secretário de Saúde dos Estados Unidos, Alex Azar, disse nesta sexta-feira (11/12) que a Administração de Alimentos e Medicamentos (FDA, na sigla em inglês) informou à farmacêutica Pfizer “que pretende prosseguir no sentido de autorizar o uso de sua vacina” para Covid-19.

“Nos próximos dias, provavelmente, à medida que trabalhamos para negociar com a Pfizer sobre as informações que os médicos precisam para fazer a prescrição adequadamente, deveremos ter a autorização dessa primeira vacina”, disse Azar durante uma entrevista ao programa Good Morning America, da ABC.

0

Na quinta-feira (1012), o Comitê Consultivo da FDA aprovou uma recomendação para que a agência libere o uso do imunizante da Pfizer, desenvolvido em conjunto com a alemã BioNTech.

Segundo Azar, a população americana poderia começar a ser vacinada na segunda ou na terça-feira da próxima semana (dias 14 e 15). “Buscamos vacinar 20 milhões de americanos nas próximas semanas e até 50 milhões até o final de janeiro”, declarou.

Também na última quinta-feira, a farmacêutica Pfizer publicou os resultados da vacina contra Covid-19 na revista científica New England Journal of Medicine. Em novembro, a Pfizer e a BioNTech já tinham divulgado os resultados iniciais. Segundo a farmacêutica americana e o laboratório alemão, a eficácia geral da vacina foi de 95%. Em pessoas com mais de 65 anos, o imunizante foi 94% eficaz. (Com informações da Agência Estado)

 

 

Mais lidas
Últimas notícias