São Paulo confirma três casos de Covid-19 por variante do Amazonas

Os casos foram identificados por sequenciamento genético pelo Instituto Adolfo Lutz; pessoas infectadas estiveram no Amazonas recentemente

atualizado 05/02/2021 19:33

Robson Valverde/SES-SC

São Paulo – A Secretaria de Saúde do estado de São Paulo afirmou, nesta terça-feira (26/1), que o estado tem três casos positivos de Covid-19 com a variante de coronavírus com origem em Manaus (AM).

0

Segundo a secretaria, os casos foram identificados por testes feitos pelo Instituto Adolfo Lutz. O instituto detectou a variante após sequenciamento genético de amostras colhidas em pessoas doentes que tinham circulado pelo Amazonas recentemente e que já haviam sido atendidas em hospitais públicos do estado.

Segundo a secretaria, os testes têm alta confiabilidade e representam 99% do genoma do vírus.

“O vírus foi sequenciado a partir de amostras de exames positivos processados pelo Centro de Virologia de três pessoas com Covid-19 que foram atendidas em serviços da rede pública de saúde em São Paulo, com histórico de viagem ou residência em Manaus”, declarou a secretaria.

Estes são os primeiros registros da variante amazonense do vírus, chamada entre os cientistas de P.1, fora do Amazonas, e dentro de São Paulo. A P.1, que já foi encontrada no Japão e nos Estados Unidos.

Ainda não se sabe com certeza se a P.1 causa uma infecção mais grave ou tem uma maior transmissibilidade, apesar de pontos em comum com variantes identificadas no Reino Unido e na África do Sul que possuem essa propriedade.

Últimas notícias