MP abre inquérito para apurar desabamento no Osasco Plaza Shopping

Desabamento ocorreu em local do shopping que já havia sido isolado por ter apresentado vazamento de água. Centro comercial segue interditado

atualizado 09/03/2023 19:29

Imagem colorida de desabamento do estacionamento do Osasco Plaza Shopping Fábio Vieira/Metrópoles

São Paulo – O Ministério Público de São Paulo (MPSP) instaurou inquérito civil, nesta quinta-feira (9/3), para apurar o desabamento no Osasco Plaza Shopping.

A medida foi anunciada um dia após parte do estacionamento do centro de compras na Grande São Paulo ter desabado sobre o pavimento inferior, em uma área próxima à praça de alimentação.

Também nesta quinta, peritos, agentes da Defesa Civil e engenheiros do Conselho Regional de Engenharia (Crea-SP) fizeram uma vistoria no shopping, que está interditado e teve o alvará cassado pela prefeitura de Osasco.

Apesar do susto e do pânico entre os clientes, não houve feridos no acidente.

Os carros que estavam no estacionamento do Osasco Plaza Shopping foram engolidos por uma cratera que se abriu nessa quarta-feira (8), no chão do estacionamento do centro comercial.

Imagens que parecem ser de uma câmera de segurança e circulam nas redes sociais mostram o momento em que pelo menos quatro veículos somem após o chão asfaltado ceder.

 

Segundo o capitão André Elias, porta-voz do Corpo de Bombeiros, o desabamento ocorreu em um local que já havia sido isolado por ter apresentado um vazamento. “O local havia sido isolado minutos antes em virtude de um gotejamento. Nós estamos verificando nas câmeras de segurança para realmente confirmar que não havia ninguém”, disse.

A administração do Osasco Plaza Shopping informou que segue comprometida em identificar as causas do desabamento e dar suporte necessário aos lojistas e frequentadores para reestabelecer a normalidade.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
0

Explosão e mortes

O Osasco Plaza Shopping já foi atingido por uma explosão que deixou 42 pessoas mortas e 372 feridos nos anos 1990.

A explosão aconteceu por volta do meio-dia do dia 11 de junho de 1996, véspera do Dia dos Namorados, quando estima-se que havia mais de duas mil pessoas no centro comercial.

Na época, o acidente atingiu a praça de alimentação, onde o chão chegou a ser arremessado para o alto atingindo e derrubando o teto.

Mais lidas
Últimas notícias