Justiça cassa mandatos de cinco vereadores de Gouvelândia (GO)

Coligação dos parlamentares fraudou a chapa para fazer parecer que estava garantido o percentual mínimo de 30% de mulheres

atualizado 28/01/2020 19:26

Reprodução

Cinco dos nove vereadores do município de Gouvelândia (GO) foram cassados por fraude. Uma investigação feita pela Justiça Eleitoral apurou que a coligação não garantiu o percentual mínimo de 30% de mulheres na chapa.

De acordo com a 46ª Zona Eleitoral, das cinco candidatas apresentadas na chapa, quatro eram parentes de vereadores já eleitos. Elas não fizeram campanha, não prestaram contas e não receberam nenhum voto.

“Foram colocadas mulheres apenas para “segurar a cota”, sem que elas tivessem o objetivo de disputar o pleito. Por esse motivo, a chapa toda foi invalidada”, afirmou o chefe do Cartório Eleitoral da Zona, Leonine Monteiro Branquinho.

Confira a matéria completa no site Mais Goiás, parceiro do Metrópoles.

Últimas notícias