metropoles.com

TVs fora do ar e cidades cercadas: o 6º dia da guerra Rússia-Ucrânia

O Metrópoles preparou guia com as notícias da guerra: cidades sitiadas, pedido de Zelensky de cessar-fogo, discurso de Biden e avanço russo

atualizado

Compartilhar notícia

Na foto vê-se carros destruídos após bombardeamento da Rússia em cidade ucraniana - Metrópoles
1 de 1 Na foto vê-se carros destruídos após bombardeamento da Rússia em cidade ucraniana - Metrópoles - Foto: null

A truculência da guerra na Ucrânia tem chegado a níveis antes inimagináveis. Com cidades sitiadas pelas tropas russas, o presidente Volodymyr Zelensky voltou a pedir apoio da comunidade internacional.

O exército de Vladimir Putin ampliou o megacomboio que cercará Kiev, capital ucraniana e coração do poder. As tropas, que cobrem um extensão de 64 quilômetros, se aproximam da cidade.

Na tentativa de derrubar a comunicação ucraniana, os russos bombardearam uma torre de transmissão de TV em Kiev. Ao menos cinco pessoas morreram. Os militares fizeram alertas sobre os próximos pontos de ataque e pediram que civis deixassem os locais.

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, condenou o Ocidente e a Europa por interferirem nos ataques à Ucrânia. Em pronunciamento transmitido ao vivo, Lavrov defendeu o que chamou de “direito de interesses” dos países. O ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, fez um discurso semelhante e disse que a guerra é para proteger a Rússia de “ameaças externas vindas do Ocidente”.

Com a Ucrânia sendo alvo de ataques cada vez mais violentos, Zelensky exigiu um cessar-fogo para abrir nova rodada de negociações com a Rússia e pediu resistência da população e do Exército. Segundo o mandatário ucraniano, se os bombardeios continuarem no mesmo ritmo, a guerra ganhará “larga escala”. Ao discursar no Parlamento Europeu, recebeu uma homenagem: foi aplaudido de pé.

O primeiro discurso do Estado da União do presidente dos EUA, Joe Biden, foi marcado por declarações contra a Rússia. Na ocasião, Biden anunciou o fechamento do espaço aéreo para aviões russos e declarou que os EUA enviarão militares para países vizinhos da Ucrânia.

Metrópoles resume, abaixo, os principais fatos do 6° dia de guerra:

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comNotícias Gerais

Você quer ficar por dentro das notícias mais importantes e receber notificações em tempo real?

Notificações