*
 

Um homem invadiu uma igreja no Texas e abriu fogo contra os fiéis na tarde deste domingo (5/11). Segundo informações preliminares das autoridades locais, foram ao menos 26 pessoas assassinadas e 24 feridas. O atirador foi encontrado morto momentos após o ato.

O ataque ocorreu em uma igreja batista de Sutherland Springs, cidade de 400 moradores a 48km de San Antonio. Segundo o site Dallas Morning News, o agressor entrou no templo pouco antes do meio-dia (15h30 no horário de Brasília) e abriu fogo.

A polícia dos EUA identificou Devin Patrick Kelley, 26 anos, como o responsável pelo atentado. Segundo o site ABC News, o atirador era casado, morava em um subúrbio de San Antonio e teria um histórico militar — com tempo de serviço na Força Aérea.

O motivo do ataque ainda não foi revelado. Segundo o porta-voz do xerife do condado de Guadalupe, Robert Murphy, o agressor é natural de New Braunfels, um subúrbio de San Antonio, e foi morto após perseguição de carro. No entanto, ainda não está claro se ele se matou ou foi assassinado.

A imprensa local fala que hospitais vizinhos estão recebendo os feridos e que por isso o número total de pessoas acidentadas ainda não foi contabilizado. A cidade está cercada por policiais, inclusive por agentes do FBI.

 

Trump
O presidente dos Estados Unidos Donald Trump, que está em viagem oficial à Ásia, manifestou-se pelo Twitter: “Que Deus esteja com as pessoas de Sutherland Springs. Estou monitorando a situação aqui do Japão”.

O governador do Texas, Greg Abbott, também usou o Twitter para comentar a tragédia. “Nossas orações estão com aqueles machucados por esse ato maligno. Nossos agradecimentos aos agentes da lei por sua resposta. Mais detalhes em breve”, disse.

Veja vídeo do local do massacre

Tragédia em Las Vegas
As mortes no Texas ocorrem um mês após o norte-americano Stephen Paddock promover um massacre em Las Vegas. Na noite de 2 de outubro, durante um show de música country nas proximidades do Mandalay Bay Casino, o homem usou 10 armas para atirar contra o público.

Ele atirou do 32º andar do cassino contra o público de 40 mil pessoas que assistia, do lado de fora do prédio, ao festival “Route 91 Harvest Festival”. No total, 59 pessoas morreram e 515 foram hospitalizadas.

 

 

COMENTE

atiradorAssassinatosmassacre no texas
comunicar erro à redação

Leia mais: Mundo