Sobrevivente da gripe espanhola, idoso de 104 anos vence Covid-19

Bill nasceu em 1916 e conseguiu sobreviver à gripe espanhola e à Segunda Guerra Mundial

bill-lapschies 104 anos com máscaraKOIN 6/Reprodução

atualizado 02/04/2020 16:09

Um idoso de 104 anos se tornou o homem mais velho do mundo a sobreviver ao coronavírus. Bill Lapschies, de Salem, Oregon, Estados Unidos, começou a sentir os sintomas em 5 de março e foi colocado em isolamento em um asilo para veteranos da Segunda Guerra Mundial.

Segundo a afiliada da CBS no Oregon, a KOIN 6, Bill nasceu em 1916 e conseguiu sobreviver à gripe espanhola, que atingiu os países em 1918. A doença matou entre 50 a 100 milhões de pessoas em todo o mundo. Em 1943, ele ainda sobreviveu à Segunda Guerra Mundial, onde lutou nas Ilhas Aleutas.

0

Bill completou 104 anos nessa quarta-feira (1°/4). A família foi até a casa de repouso e comemorou, respeitando a distância exigida pela OMS, com cartazes de feliz aniversário. Questionado como ele conseguiu vencer o coronavírus, Bill disse: “Eu não sei. Ela apenas foi embora. Fique aqui e você pode se livrar de qualquer coisa”.

Um outro idoso de 90 anos pegou o coronavírus no mesmo asilo de veteranos de guerra. No entanto, ao contrário dele, o homem não resistiu às complicações da doença.

Últimas notícias