Idosa de 90 anos cede respirador a jovens e morre de coronavírus

Suzanne Hoylaerts estava na unidade de saúde há duas semanas após das entrada com falta de ar e perda de apetite

Suzanne HoylaertsReprodução

atualizado 01/04/2020 15:09

Uma idosa de 90 anos morreu após se recusar a usar o respirador em um hospital de Binkom, Bélgica. Suzanne Hoylaerts estava na unidade de saúde há duas semanas após das entrada com falta de ar e perda de apetite. Ao ser testada, deu positivo para o coronavírus e foi colocada em isolamento.

No entanto, a situação se agravou e os médicos pediram para que ela fosse colocada no respirador artificial. Suzanne se recusou. “Ela disse: ‘Não quero usar respirador. Deixe isso para um dos paciente mais jovens. Já tive uma boa vida’”, contou um médico ao jornal The Sun.

“Não pude dizer adeus. Nem tive a chance de ir ao velório”, disse a filha de Suzanne, Judith, ao jornal belga Het Laatste Nieuws. Na Bélgica, já morreram 705 pessoa vítimas do novo coronavírus.

Últimas notícias