Em despedida, Trump diz que seu movimento político “está apenas começando”

Republicano deixa a Presidência dos EUA nesta terça-feira (19/1). Cargo será assumido pelo democrata Joe Biden na quarta (20/1)

atualizado 19/01/2021 19:09

Chip Somodevilla/Getty Images

Em seu último discurso como presidente dos Estados Unidos, Donald Trump afirmou, nesta terça-feira (19/1), que o movimento político criado por ele enquanto mandatário do país está “apenas começando”. Trump se despede da Casa Branca, que será ocupada pelo presidente eleito Joe Biden nesta quarta-feira (20/1).

“Enquanto me preparo para entregar o poder a um novo governo ao meio-dia de quarta-feira, quero que saibam que o movimento que iniciamos está apenas começando”, afirmou o republicano, em carta divulgada pela Casa Branca. 

Na despedida do poder, Trump se disse “horrorizado” com a invasão ao Capitólio, em Washington, em 6 de janeiro. O presidente afirmou que o episódio de violência política é “um ataque a tudo que prezamos” e que os atos “nunca poderão ser tolerados”.

O republicano defendeu, sem mencionar o nome de Joe Biden, que torcerá pelo sucesso da nova gestão. Em suas palavras, afirmou que “rezará” por uma boa administração.

“Nossa agenda não era sobre direita ou esquerda, não era sobre republicano ou democrata, mas sobre o bem de uma nação. E isso significa toda a nação”, disse.

Em uma autoavaliação, defendeu ter restaurado a força americana e sua liderança no exterior e enfatizou o desempenho satisfatório de seu governo no âmbito econômico.

Soldados de volta

“Como resultado de nossa ousada diplomacia e realismo de princípios, alcançamos uma série de acordos de paz históricos no Oriente Médio. É o amanhecer de um novo Oriente Médio e estamos trazendo nossos soldados de volta”.

Como previamente anunciado, Donald Trump não comparecerá ao ato de cerimonia de posse de Joe Biden. A decisão simboliza o rompimento de uma tradição de mais de 150 anos.

0

Mais lidas
Últimas notícias