Mulheres não devem colocar picolés na vagina para amenizar o calor

Médicos da Europa estão preocupados com o que as mulheres estão fazendo para tentar conter a onda de calor que atinge o continente

atualizado 05/10/2020 10:20

Picolés diversosFreePik

Os médicos do Reino Unido estão preocupados com uma solução inusitada encontrada pelas mulheres para amenizar a onda de calor que atinge a região. Segundo o jornal Metro, algumas estão colocando picolés na vagina com a esperança de que a temperatura vai baixar. As temperaturas na Europa estão beirando os 40ºC em algumas regiões. À noite, o calor chega a quase 27ºC.

A preocupação começou com a divulgação de alguns vídeos na internet que mostram as mulheres fazendo os procedimentos. Segundo médicos ouvidos pelo jornal, inserir esse tipo de alimento na vagina pode causar uma sensação de queimadura, coceira, além de dor. “O local é composto por tecido muito delicado e sensível. Pode ocorrer infecções, irritações e danos”, disse doutora Sarah Welsh ao jornal Metro.

Além disso, o açúcar do picolé pode alterar o PH da vagina. A prática não é nova. Em uma breve pesquisa nas redes sociais, é possível encontrar relatos de mulheres que fizeram esse procedimento. “Meu conselho é não colocar nada lá”, disse a médica.

Últimas notícias