Menino que sofreu bullying é acusado de ser adulto e mãe desabafa

Perfis criados nas redes sociais informavam que o garoto teria, na verdade, mais de 18 anos

atualizado 24/02/2020 9:41

Quaden Bayles, 9 anos, comoveu o mundo após ter sido filmado pela mãe chorando porque sofria bullying na escola. Agora, pessoas com más intenções o acusam de ser um farsante e mentir a respeito de sua idade. Diante da polêmica, a mãe dele, Yarraka Bayles, desabafou.

Os rumores de que Quaden seria adulto surgiram após a criação de perfis falsos nas redes sociais. Os internautas responsáveis pelas páginas estariam tentando lucrar com a situação do menino, que recebeu ajuda financeira de Brad Williams.

0

Nos perfis, foram publicadas fotos de Quaden em um aniversário de 18 anos. Contudo, a celebração era de um amigo da família. A página falsa no Instagram tinha 226 mil seguidores, de acordo com o colunista Hugo Gloss.

A mãe de Quaden foi a público, então, compartilhar o relato de uma mulher rebatendo os boatos de que o garoto seria adulto. “Sim, ele tem nove anos. Nanismo não é uma piada. Ele é modelo ou ator? Sim, assim como muitas crianças. Isso não significa nada. A mãe dele deixou o cargo porque estava sobrecarregada e enfurecida com o assédio moral. Eu a entendo ao máximo. Ela nunca pediu por dinheiro… eles nunca disseram que estavam falidos”, dizia um trecho da mensagem.

Outra prova de que Quaden é, de fato, uma criança, foi uma entrevista que mãe e filho concederam ao programa Australian Network Ten. Na época, o garoto aparecia na televisão aos 4 anos.

Últimas notícias