*
 

Um crime bárbaro chocou a cidade de San Miguel de Tucumán, na Argentina. Uma garota de 12 anos, que está grávida de dois meses, foi hospitalizada após ser atacada, embriagada e estuprada por vários homens. Segundo os pais da menina, quatro rapazes são apontados como os autores da agressão, sendo um deles mora na vizinhaça e pode ser o pai do bebê que ela espera.

A garota está internada em um hospital da cidade, com vários machucados pelo corpo e muito assustada. O bebê não corre riscos. “Conhecemos ele (suposto pai do bebê), mas os outros três não. Ele ofereceu 500 pesos (R$ 100) ao meu marido para que não fizesse a denúncia. Claro que meu marido não aceitou e fez a denúncia”, disse a mãe da vítima ao jornal La Gaceta.

Os pais dizem que a menina saiu de casa para ir até uma vizinha e foi encontrada horas depois já embriagada. “A mãe trouxe porque um vizinho tinha levado a menina para sua casa, tinha dado álcool e a estuprado”, afirmou o médico Daniel Amado à agência EFE. A jovem vai permanecer internada.

 

 

COMENTE

Argentinaestupro
comunicar erro à redação

Leia mais: Mundo