*
 

O furacão Katia, de categoria 1, começará a se movimentar rumo ao litoral mexicano na noite desta quinta-feira (7/9) ou no começo de sexta-feira (8), informou o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos em seu último boletim.

O fenômeno se mantém estacionado diante do litoral mexicano, com ventos de 130 km por hora e sequências de maior intensidade, e é esperado que nas próximas horas inicie um leve movimento rumo ao sudoeste.

No último boletim do NHC, Katia estava localizado em águas do Golfo do México a 345 km ao leste de Tampico e 315 km de Vera Cruz. A zona situada entre Cabo Rojo e Lago Verde permanece sob aviso de furacão (passagem em 36 horas).

Enquanto isso, o aviso de ventos com força de tempestade tropical (até 118 km/h) foi emitido ao norte de Cabo Rojo até Río Panuco e ao sul de Lago Verde a Porto de Vera Cruz. Os ventos até 118 km/h se estendem por 16 km desde o centro do ciclone e os de tempestade tropical são sentidos por até 72 km, indicou NHC.

Além dos ventos, foi previsto um aumento da maré de entre 1,5 a 2,1 metros, situação que virá acompanhada de “grandes e destrutivas” ondas.

Os meteorologistas do NHC anteciparam que Katia produzirá também acúmulos de chuva,
que podem causar inundações e deslizamentos de terra, especialmente em áreas de terreno montanhoso.

Katia se formou na quarta-feira (6) no Atlântico, onde também permanecem ativos José, também de categoria 1, e Irma, considerado o mais poderoso formado no Atlântico e que já devastou várias ilhas do Caribe, onde deixou um saldo de pelo menos 11 mortos.

 

 

COMENTE

comunicar erro à redação

Leia mais: Mundo