EUA: Donald Trump fica suspenso do YouTube por mais uma semana

Com a determinação, o canal do quase ex-presidente fica impedido de enviar novos vídeos ou fazer transmissões ao vivo

atualizado 19/01/2021 23:33

Presidente trump durante pronunciamentoChip Somodevilla/Getty Images

O canal no YouTube do ainda presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi suspenso por mais sete dias. A determinação foi feita pela própria plataforma, durante esta terça-feira (19/1). A  informações são da Reuters.

Por violar as políticas de incitação à violência após o ataque ao Capitólio dos Estados Unidos por partidários do presidente, a página de Trump já tinha sido tirada do ar no dia 13 de janeiro.

Nesta terça-feira (19/1) foi divulgado o comunicado em que o YouTube disse que estava estendendo a suspensão por “preocupações sobre o potencial contínuo de violência”.

Com a determinação, o canal de Trump fica impedido de enviar novos vídeos ou fazer transmissões ao vivo por no mínimo mais uma semana. Os comentários nos vídeos do canal também foram desativados.

Na primeira suspensão, a rede social citou preocupações com o potencial contínuo de violência. A decisão do YouTube segue a de outras mídias sociais, como Twitter, Facebook e Instagram.

As empresas impuseram restrições à conta do mandatário norte-americano depois que as declarações do republicano impulsionaram a invasão ao Capitólio.

0

Últimas notícias