Estado Islâmico reivindica autoria de ataque em universidade no Afeganistão

Segundo informações repassadas por autoridades locais, o atentado resultou na morte de 22 pessoas

atualizado 02/11/2020 17:41

O Estado IslâmicoReprodução

O Estado Islâmico assumiu a autoria do atentado terrorista que resultou na morte de 22 pessoas na Universidade de Cabul, no Afeganistão. O ataque ocorreu nesta segunda-feira (2/11) e durou mais de cinco horas.

Segundo informações do Ministério do Interior afegão, um grupo armado com pistolas e fuzis invadiu o local e abriu fogo contra estudantes. Três criminosos foram mortos no tiroteio.

A instituição de ensino é a mais antiga do país. A estimativa é de que pelo menos 17 mil pessoas estudem no centro educacional.

No momento do ataque, a universidade realizava uma feira de livros. Jornais locais afirmam que os terroristas também teriam usado granadas durante o atentado.

Este é o segundo ataque a um centro educacional em uma semana. De acordo com o The New York Times, mais de 20 estudantes e funcionários da faculdade foram feitos reféns durante o cerco ao local.

0

 

Últimas notícias