Emoção. Menina usa capacete de pai morto em incêndio na Austrália

"Charlotte tem que saber que seu pai era um homem especial e que ele nos deixou por que era um herói", disse chefe dos bombeiros

atualizado 07/01/2020 13:09

Dean Lewins-Pool/Getty Images

O velório do bombeiro Andrew O’Dwyer, morto ao combater os incêndios que assolam a Austrália, contou com um momento emocionante: a filha do oficial, Charlotte, de quase 2 anos, recebeu o capacete do pai e decidiu usá-lo durante a cerimônia.

A pequena ainda aceitou uma medalha de honra pelos serviços prestados pelo pai diretamente das mãos do chefe do Serviço Rural de Bombeiros de Nova Gales do Sul, Shane Fitzsimmons. “Charlotte tem que saber que seu pai era um homem especial e que ele nos deixou por que era um herói”, afirmou Fitzsimmons.

0

O’Dwyer tinha 36 anos e faleceu no dia 19 de dezembro após uma árvore cair em cima do carro em que ele estava com o colega, Geoffrey Keaton, que também morreu. O filho de Geoffrey, Harvey, de um ano e sete meses, recebeu a comenda em nome de seu progenitor.

Vestido com uma farda da corporação, o menino representou o pai, honrado pela bravura e serviço prestado para a comunidade durante os incêndios que avançam de forma assustadora no país. Dezenas de pessoas compareceram ao funeral dos bombeiros.

Últimas notícias