Petrobras se torna maior pagadora de dividendos do mundo; veja ranking

A estatal brasileira pagou US$ 9,7 bilhões no segundo trimestre de 2022 aos seus acionistas, aponta relatório da Janus Henderson

atualizado 24/08/2022 14:40

O edifício-sede da Petrobras (Edise), no Centro do Rio Aline Massuca/Metrópoles

A Petrobras lidera o ranking entre as maiores empresas pagadoras de dividendos no mundo durante o segundo trimestre de 2022. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (24/8), pelo grupo britânico-americano de gestão de ativos Janus Henderson. A conquista do título se deu após a estatal distribuir US$ 9,7 bilhões aos acionistas, superando companhias como Nestlé e a Microsoft.

De acordo com o relatório, no segundo trimestre de 2021, a petrolífera pagou US$ 8 bilhões em dividendos.

Ao todo, os dividendos globais entre abril e junho somaram um número recorde de US$ 544,8 bilhões.

A Petrobras é a única companhia brasileira presente no ranking entre as 10 maiores pagadoras de dividendos. No trimestre passado, entre janeiro e abril, a mineradora Vale ocupava a nona posição na lista.

Confira a lista completa deste ano:

  1. Petrobras;
  2. Nestlé;
  3. Rio Tinto;
  4. China Mobile Limited;
  5. Mercedes – Benz;
  6. BNP Paribas;
  7. Ecopetrol;
  8. Allianz;
  9. Microsoft Corporation;
  10. Sanofi.

A Janus Henderson espera que neste ano os pagamentos de dividendos cheguem a US$ 1,56 trilhão, crescimento de 5,8% em relação ao ano passado, com a redução de pagamentos pós-pandemia e a desaceleração da economia global.

Mais lidas
Últimas notícias