De madrugada, russos bombardeiam cidade litorânea de Mykolaiv

Segunda-feira da cidade do litoral do Mar Negro amanheceu sob as bombas das forças armadas lideradas por Vladimir Putin

atualizado 07/03/2022 6:24

Bombardeio russo na cidade ucraniana de Mikolayiv Reprodução/Redes sociais

Um dos maiores pontos de disputa entre tropas russas e ucranianas na guerra que entra em seu 12º dia, a cidade litorânea ucraniana de Mykolaiv amanhece sob forte bombardeio nesta segunda-feira (7/3), relatam testemunhas e a mídia local. A Ucrânia está cinco horas à frente do fuso de Brasília.

Mykolaiv, no litoral do Mar Negro, já havia sido tomada pelos russos, o que obrigou os próprios ucranianos a afundarem, na última sexta-feira (4/3), o principal navio de guerra do país. A decisão ocorreu em razão do risco de que soldados russos capturassem a embarcação e a usassem contra as forças ucranianas.

Durante o fim de semana, porém, a resistência ucraniana conseguiu expulsar a maior parte dos invasores liderados por Vladimir Putin de locais estratégicos, como o porto e o aeroporto. Os russos respondem, agora, com esse bombardeio, cujos alvos específicos ainda não estão claros.

Vídeos postados nas redes sociais mostram os efeitos do bombardeio, que começou logo antes do amanhecer. Veja:

Ataque a jornalista

Também foi nos arredores de Mykolaiv que o carro onde viajava um fotojornalista suíço acabou atingido por tiros no domingo (7/3). “Ferido por um comando russo”, escreveu o repórter Guillaume Briquet em sua conta no Facebook, junto a uma foto na qual aparece com sangue descendo pelo rosto.

Os tiros não atingiram o jornalista, segundo a imprensa local, mas os estilhaços feriram o antebraço de Briquet, e ele precisou ser levado a um hospital em Kirovograd, com a ajuda de policiais ucranianos, após ser liberado pelos russos. Ele teve seus equipamentos e 3 mil euros roubados pelos russos.

Mais lidas
Últimas notícias