Brasileira casada com vice-governador da Pensilvânia é vítima de racismo

Gisele Barreto Fetterman fazia compras em um supermercado perto de casa quando foi abordada e atacada por uma mulher

atualizado 12/10/2020 16:15

A brasileira Gisele Barreto FettermanArquivo Pessoal

Esposa do vice-governador da Pensilvânia, John Fetterman, a brasileira Gisele Barreto Fetterman, 38 anos, foi vítima de racismo enquanto fazia compras em um supermercado perto de casa, no distrito de Braddock, em Allegheny, no último domingo (11/10). As informações são do Washington Post.

Uma mulher que fazia compras no mesmo estabelecimento a reconheceu e começou a xingá-la. “Ali está aquela n… casada com Fetterman. Você não pertence aqui. Ninguém te quer aqui”, disse a mulher. O termo em inglês, conhecido popularmente como n-word, é considerado ofensivo.

Em seguida, a agressora seguiu Gisele até o carro, onde ela conseguiu filmar parte dos insultos. “Eu amo esse país, mas estamos profundamente divididos. Fui ao supermercado local e fui agredida verbalmente por essa mulher que repetiu diversas vezes que eu não pertenço a este lugar. Esse comportamento é difícil. Se você conhece essa mulher, por favor, ensine-a o amor”, escreveu a brasileira.

Rio de Janeiro

A esposa do vice-governador nasceu no Rio de Janeiro, imigrou sem documentos com a família aos 8 anos de idade. Recebeu a permissão de moradia em 2004 e se casou com John Fetterman em 2007.

Últimas notícias