*
 

A vida de uma mãe da cidade de Wake County, Carolina do Norte, Estados Unidos, virou de cabeça para baixo após fazer uma descoberta impactante. Certo dia, a mulher, que foi identificada, espionou o diário da filha. Em uma das páginas, Katie Pladl, 20 anos, confessava que tinha um caso com o pai, Steven Pladl, 42, e que estava grávida dele.

O caso fica ainda pior porque Katie foi dada para adoção por Steven e a mulher quando era criança. No entanto, refez contato com a família logo quando completou a maioridade e retornou à casa deles. A partir daí, começou um caso com o pai.

 


Ao ser confrontado pela mulher, Steven confirmou o affair e saiu de casa levando a filha grávida. Os dois se mudaram de cidade. A mulher foi para a delegacia registrar ocorrência. Meses depois, a polícia conseguiu localizar os dois e eles foram presos.

Na casa, os dois estavam com uma criança de 4 meses. Eles foram levados para a penitenciária e a Justiça determinou uma fiança de US$ 1 milhão. Apenas Steven pagou o preço e responde em liberdade. O pai responde por adultério e corrupção de menor, a filha por incesto. Os dois devem ser julgados na próxima semana.