Alemanha: ministro da Saúde diz que isolamento “foi um sucesso”

O país decidiu reabrir parte do comércio, pois o vírus está "mais controlável" no país.

atualizado 17/04/2020 11:35

Com a decisão de reabertura de parte do comércio da Alemanha, o ministro da Saúde, Jens Spahn, disse que a iniciativa só foi tomada porque atualmente a pandemia de coronavírus “é mais controlável e mais gerenciável do que antes”. Segundo o político, as medidas de isolamento social total e fechamento do comércio “foram um sucesso”. 

Para a chanceler alemã, Angela Merkel, a reabertura não significa que o país foi descontaminado pelo vírus. “Entendam que a sociedade terá que conviver com a Covid-19 até que haja medicamentos específicos e, acima de tudo, uma vacina”, disse, durante videoconferência, nesta terça-feira (14/04).

O otimismo dos políticos foi confirmado pelo diretor do Robert Koch Institut, Lothar Wieler, que disse que a taxa de reprodução do vírus na Alemanha diminuiu 0,3 pontos em poucos dias. Ele analisa o isolamento social absoluto como “muito bom” para a redução do risco de contágio.

Apesar da boa notícia, a Alemanha ultrapassa 138 mil casos confirmados de Covid-19 e 4 mil mortes pela doença. Somente na quinta-feira (16/04), foram registradas 351 vítimas, sendo o maior número de óbitos em 24h no país.

Últimas notícias