Agência espacial russa é alvo de hackers. Estação Espacial escapa

Corporação de Atividades Espaciais da Rússia afirmou que ataque "afeta apenas o conhecimento de notícias da Roscosmos por entusiastas"

atualizado 02/03/2022 6:28

Nasa

O diretor geral da Corporação Estatal de Atividades Espaciais da Rússia (Roscosmos), Dmitry Rogozin, afirmou que o site da corporação estatal foi alvo de ciberataques. A Roscosmos é responsável por voos espaciais e pesquisa aeroespacial do país.

Ele reforçou que o segmento russo da Estação Espacial continua funcionando normalmente e está isolado de hackers. Além disso, reiterou que o ataque afetou somente o espaço de divulgação de notícias do site.

Pelo Twitter, Rogozin afirmou que a invasão ao sistema foi feita por diversos endereços IP por vários dias. “Os organizadores acreditam que isso afeta alguma coisa. Eu respondo: isso afeta apenas o conhecimento de notícias da Roscosmos por entusiastas do espaço”, disse.

0

Na sexta-feira (25/2), após o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, anunciar novas sanções contra a Rússia, Rogozin ameaçou os EUA, dizendo: “Quem vai salvar a Estação Espacial de uma saída de órbita descontrolada?”.

Em resposta, a Nasa afirmou que continuará a trabalhar com todos os seus parceiros internacionais para as “contínuas operações seguras da Estação Espacial”.

Mais lidas
Últimas notícias