Conheça a Möca, o novo empreendimento do chef Thiago Paraiso

Confira as primeiras impressões sobre a confeitaria aberta há poucos dias na quadra 206 Sul

atualizado 21/10/2021 5:56

Foto: Luciana Barbo

Foram pouco mais de três meses de obra para transformar o ponto que abrigou a Koni, na 206 Sul, na confeitaria Möca. O novo projeto do chef Thiago Paraiso marca uma nova fase não somente na vida profissional como na trajetória pessoal do cozinheiro brasiliense. Ele acaba de se casar com Gabriella Alvim e é também como ela que toca este negócio. “O início da minha carreira foi marcado pela confeitaria. Antes de ir para fora do país, tive um negócio de bolos e tortas. Ao mesmo tempo, ter uma casa de doces e cafeteria sempre foi um sonho dela”, diz o também proprietário do Ouriço e do Saveur Bistrot. A Möca abriu há cerca de uma semana e está naquele esquema soft opening para ajustar o serviço.

Visto de fora, o ambiente já entrega a proposta mais intimista e confortável. As mesas não seguem um padrão. Na varanda, elas estão divididas entre um lounge, uma espécie de pergolado e as mesas mais soltas. A cor mais marcante é um verde fechado, a favorita de Gabriella. Tons de rosa antigo, mármore Carrara e itens em madeira trazem aconchego. O projeto é da D2M Arquitetas, de Sonia Azeredo e Fabianna Manzur.

Nome de uma espécie nobre de café do tipo arábica, Moca também é como se chama o mais importante mercado de café, entre os séculos XV e XVII, no Iêmen. Mas a escolha do nome partiu mesmo da bebida mocaccino, que mistura leite líquido e vaporizado e uma calda, geralmente, de chocolate. Aliás, a casa conta com variações da receita original (R$ 12), com pistache, creme de avelã ou caramelo (todas a R$ 14). Em minha visita para extrair as primeiras impressões sobre a nova confeitaria da cidade, provei o mais clássico com essência de baunilha. É bem cremoso e pode vir quente ou gelado.

Para comer

A vitrine exibe doces e salgados já conhecidos, mas a maioria dos itens tem uma nova apresentação. O bolo de cenoura com calda de chocolate (R$ 19), assim como os brigadeiros de pistache e de limão (R$ 9), vêm em copos duplos de vidro transparente.

Já a tradicional tartelete de morango (R$ 18) aparece retangular com lâminas da fruta milimetricamente arrumadas em duas fileiras. E a banoffee (R$ 16) vai dentro da clássica massa pâte a choux, aquela mesma usada nas carolinas dos profiteroles, com uma cobertura de marshmallow levemente maçaricada. Achei bem interessantes essas novas leituras para os clássicos.

A cheesecake (R$ 22) é um caso à parte. Gostei da apresentação, que incentiva o cliente a interagir com o preparo, tirando-o da caixinha e colocando no prato e, posteriormente, regando-o com a calda artesanal da casa, que pode ser de morango ou maracujá. Afora esse detalhe, o sabor é diferenciado, com um toquezinho a mais de acidez, e a textura tem cremosidade acima da média. A tartelete que leva o nome da casa (R$ 19) com mousse de chocolate, creme de café e chantilly também é uma graça, adornada por folhinhas de ouro.

0

Dos salgados, provei a tapioca com a massa temperada com molho de tomate e páprica, que ficou bem interessante, recheada com mozzarella de búfala, tomate cereja picadinho, pesto e manjericão (R$ 21). Boa pedida para o lanche da tarde. Há outras opções só com manteiga de garrafa, presunto ou peito de peru.

O menu traz ainda coxinha e empada, tanto de frango quanto de carne (entre R$ 12 e R$ 18), croissant tradicional (R$ 7), pão na chapa com requeijão em barra (R$ 10), omelete com tomate, cebola e salsa (R$ 16) e pão de queijo (R$ 7).

Com o perfil enxuto, o cardápio vai mudar sempre, a depender da criatividade do chef e da disponibilidade de ingredientes sazonais. Por enquanto, o que posso dizer é que gostei do que comi. Vou voltar, inclusive para trabalhar, tendo em vista que a casa tem um espaço para ligar apetrechos como notebook e celular, e ainda oferece wi-fi. Ah, um detalhe que poucos dão atenção em empreendimentos gastronômicos é o cheiro do ambiente, sem ser o da comida, claro. O da Möca é fresco e uma delícia.

Serviço:
Möca Café e Confeitaria
CLS 206, bloco A, loja 36
Telefone: (61) 3877-1004
Funciona de terça a sábado, das 8h às 20h; domingo, das 9h às 16h.
Instagram: @mocabrasilia

Para mais dicas de gastronomia, siga-me no Instagram (@lucianabarbo)

Mais lidas
Últimas notícias