Commercial São Benedito revive antigas mercearias do interior do país

Mais do que lanchonete e restaurante, local tem itens produzidos no DF e entorno para vender, assim como os mais variados utensílios

atualizado 25/03/2022 18:37

Foto: Luciana Barbo

Algo está bem diferente na comercial da 704/705 Norte. É que o Mercado Cobogó saiu de cena e agora quem está por lá é a Commercial São Benedito, assim mesmo com a letra m duplicada. O novo negócio, inaugurado oficialmente nesta quinta-feira, tem um pouquinho de tudo e aroma de nostalgia.

Sabe aqueles mercadinhos do interior do país? É esta a atmosfera que aguça os nossos sentidos por lá. O ambiente é simples e vintage, especialmente pela fachada cheinha de frases com uma caligrafia bastante peculiar, elaborada pelo artista Filipe Grimaldi. Os clientes são acolhidos por mesas rústicas de madeira posicionadas na calçada.

Lá dentro, as estantes exibem produtos locais como a marmelada de Santa Luzia, produzida por quilombolas; a farinha Amélia, de Taguatinga; os embutidos da Goyás Defumados; a cachaça Authoral, do Eduardo Moreth; até frutas e verduras de pequenos produtores. Apaixonei nos vasos de plantas com suportes de parede e nas mudinhas de plantas diversas e até comprei um pequenino pente para arrumar a minha franja a qualquer momento. Eu não falei que tinha de tudo na loja?

Para comer e beber

A casa abre às 9h da manhã, então, é possível fazer o desjejum por lá a partir deste horário. Ovo mexido simples (R$ 12) ou com bacon (R$ 17); pão com manteiga (R$ 16), bolinho de milho (R$ 8), tortinhas de frango ou de palmito (R$ 15) são alguma das opções. No rol dos bolos, há desde o de cenoura, de coco gelado, e o biriba, que é sem glúten. Todos esses saem a R$ 10. Iogurte e arroz doce também são sugestões cremosas para o café da manhã.

A partir do meio-dia, entra em cartaz o prato do dia (R$ 38), aquele PF que todo brasileiro ama. Na segunda, tem bife de contrafilé, arroz, feijão, fritas e salada. Já na terça, a atração é a parmegiana de filé de frango, arroz e frutas; enquanto na quarta, a pedida é a rabada com agrião, pirão, arroz e saladinha.

0

Para quinta-feira, a cozinha prepara a coxa e sobrecoxa de frango com angu de milho fresco, arroz, feijão e saladinha. Para sexta, tem vaca atolada com costela cozida, mandioca, arroz, feijão, farofa e salada. Rainha das mesas aos sábados, a feijoada vai completa e tem uma versão vegana. O feijão também figura no tropeiro que acompanha o espetinho, ovo frito, arroz, vinagrete e farofa, aos domingos.

À tarde, tem ainda sanduíches como o Bauru, com pão francês, queijo, presunto e tomate, mas o que deve ser bom mesmo é o pão de queijo recheado com linguiça defumada de pernil (R$ 30) ou de frango (R$ 28). Estes não estavam disponíveis no dia da minha visita, nem a pamonha, que eu também fiquei com vontade de provar.

A estrela dos bebes é, sem dúvida, o chá mate. Ele pode ser servido puro ou batido com limão (R$ 15), abacaxi (R$ 15), picolé (R$ 18) ou polpa de frutas (R$ 18).

Se você gosta de relembrar lugares que, porventura, tenha visitado no interior do país, taí uma boa pedida. Passe por lá, garanta a sua mesa e faça o seu pedido no balcão. A conta é paga no caixa., mais um motivo para dar uma olhadinha na loja.

Serviço:
Commercial São Benedito
SCRN 704/705 – Bloco E
Funciona diariamente Todos os dias de 9 às 21 horas
Instagram @commercialsaobenedito
Para mais dicas de gastronomia, siga @lucianabarbo no Instagram.

Mais lidas
Últimas notícias