Consumo de massa no mundo quase dobrou em 10 anos, diz estudo

Entre os tipos mais consumidos, estão espaguete, fusilli e rigatoni

DivulgaçãoDivulgação

atualizado 17/10/2019 15:09

Por ocasião do Dia Mundial das Massas, comemorado no próximo dia 25 de outubro, um estudo italiano revelou que o consumo de massa no mundo nos últimos 10 anos quase dobrou, passando de 9 milhões para 15 milhões de toneladas.

Somente na Itália, onde o carboidrato é um item básico na mesa dos cidadãos, 9 em cada 10 italianos (88%) comem espaguete, fusilli e rigatoni regularmente, e 1 em cada 3 (36%) consome todos os dias.

Os dados foram encomendados pelos fabricantes de massas da Unione Italiana Food, que fizeram um balanço do setor. Segundo os chefs, os consumidores, que vivem em busca de novos sabores e texturas, também optam por variações da tradicional pasta, escolhendo massas integrais (30%), legumes (10%), de farinhas diferentes (9%), sem glúten (6%).

Além do estudo, o evento internacional Al Dente será realizado por ocasião da celebração. Durante sete dias, entre 18 e 25 de outubro, em diversas cidades do mundo será possível provar pratos de massas exclusivos, inspirados nos temas #pasta2050 e #WorldPastaDay.

Em 130 restaurantes na Itália e em todo o mundo, o menu destacará um prato de massa inspirado nas seis principais tendências que caracterizarão o consumo desse alimento nos próximos 30 anos.

Entre os autores das receitas visionárias também estão os famosos chefs Heinz Beck, os irmãos Alajmo, Rosanna Marziale. O objetivo é enfatizar que a massa simboliza a saborosa e saudável dieta mediterrânea.

Últimas notícias