Cliente processa Burger King por hambúrguer vegano contaminado

O autor do processo, que corre nos Estados Unidos, afirma que o lanche vegano foi manipulado junto a produtos de origem animal

Szabo Viktor/UnsplashSzabo Viktor/Unsplash

atualizado 19/11/2019 15:39

Um cliente vegano processou o Burger King na última segunda-feira (18/11/2019) por contaminação no Impossible Whopper, hambúrguer sem ingredientes de origem animal. Phillip Williams comprou o lanche em um drive-thru em Atlanta, nos Estados Unidos, e notou que o alimento foi manipulado em uma chapa por onde passaram os insumos tradicionais do restaurante, como carne e bacon.

O processo tornou-se uma ação coletiva: a proposta de Williams é que a empresa compense os danos causados a todos os clientes da franquia que se sentirem lesados pela manipulação inadequada do alimento. Além disso, ele exige que o Burger King deixe claro que o hambúrguer vegano é manipulado na mesma chapa que os outros lanches das lojas.

A empresa não comentou o processo, que ainda está em andamento. No site do Burger King, a descrição do Impossible Whopper inclui uma observação: “para clientes que estejam procurando uma opção sem carne, um método de preparo sem grelha está disponível”.

Últimas notícias