Ceasa: veja o que está barato nesta sexta-feira (14/02/2020)

Em relação à semana anterior, o valor do quilo do chuchu teve um acréscimo considerável, de 138,6%. O tomate, por sua vez, baixou em 27%

Stephanie Arcas/MetrópolesStephanie Arcas/Metrópoles

atualizado 14/02/2020 7:21

Central de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa-DF) divulgou a lista de variação semanal de preços no hortifruti. Em relação à semana passada, o quilo do chuchu teve um aumento vertiginoso, de 138,6%: o preço passou de R$ 2,20 para R$ 5,25 o quilo.

Entre as altas de preços, destacam-se ainda a cenoura, cujo valor subiu em 56%, passando de R$ 1,37 o quilo para R$ 2,14, o pimentão verde, cujo preço subiu de R$ 3,30 para R$ 4,38 o quilo, e a abobrinha italiana que, com um acréscimo de 29%, passa a custar R$ 4,44 o quilo.

O preço do tomate está em baixa: com decréscimo de 27% no preço do quilo, que passou de R$ 4,57 para R$ 3,33. O quiabo também teve uma baixa no preço, de 10%, passando de R$ 3,85 para R$ 3,46.

Veja a lista de itens que ficaram mais baratos e mais caros em relação à última semana:

Mais baratos: tomate, quiabo, pera danjou, abacate, beterraba, uva rubi, melancia e abacaxi pérola.

Mais caros: chuchu, cenoura, pimentão verde, abobrinha italiana, abobrinha menina, maxixe, alface americana, alface lisa, alface crespa, batata doce, repolho, limão tahiti, manga haden, espinafre, goiaba, ovo vermelho, mamão havaí, couve-flor, vagem, ovo branco, morango, jiló, maçã gala, maçã red, melão, mandioca e alho roxo.

Últimas notícias