Conheça a Pressca, a cafeteira portátil made in Brazil

Com a possibilidade de usar diferentes graus de moagem dos grãos, aparato é uma boa pedida para quem está começando a beber cafés especiais

atualizado 27/05/2018 13:06

Divulgação

O barista gaúcho Gerson Amaro tinha uma ambição: criar uma cafeteira portátil que possibilitasse a escolha do grão pelo consumidor. Em 2012, procurou Ciro Pereira, empresário paranaense especializado em utilidades domésticas. Os dois, então, desenvolveram um novo método de extração. A equipe, aliada a um grupo de designers, levou quatro anos para chegar à Pressca.

Composta por seis peças, a Pressca tem revestimento emborrachado e é feita para ser carregada por aí. “A ideia é consumir o café no próprio método, além de não gastar água demais para lavar. O que mais nos tomou tempo e dedicação foi a engenharia para essas soluções”, lembra Pereira.

O grande trunfo do aparato é o filtro: uma malha metálica muito fina, que permite extrair o café com qualquer grau de moagem dos grãos. A ideia foi contemplar quem não tem moedor em casa. “O grande mercado ainda não se habituou a beber cafés especiais”, avalia Pereira.

Veja como utilizar o método:

 

Na hora de comprar o café, qualquer grão faz boa bebida. No entanto, o método ressalta bastante a acidez. Para quem gosta de brincar de alquimia, testes com moagens diferentes são bem-vindos.

Últimas notícias