“Estou puto, mas feliz”, diz Abner após perder nas semis do boxe

Abner Teixeira perdeu para o cubano Julio La Cruz e ficou com a medalha de bronze nos Jogos

atualizado 03/08/2021 8:37

Buda Mendes/Getty Images

Na manhã desta sexta-feira (3/8), Abner Teixeira perdeu a semifinal para o cubano Julio La Cruz, após decisão dividida dos árbitro (4×1) e ficou com a medalha de bronze no boxe.

Após a luta, ele não escondeu a decepção em cair nas semifinais após uma boa campanha, mas valorizou a medalha conquistada. “Isso vai ficar chato de dizer na TV, mas estou puto né? Ninguém gosta de perder, especialmente eu, odeio perder. Trabalho para isso não acontecer. Mas, pelo fato de ser medalhista, fico feliz, era o que eu tinha me proposto a fazer. É a realização de um sonho, de querer estar aqui, participar de uma Olimpíada e não só isso, ganhar uma medalha”, afirmou o atleta.

La Cruz não era um adversário qualquer. Em Tóquio, ele tenta manter o título da categoria peso pesado (até 91kg). No Brasil, em 2016, ele subiu ao lugar mais alto do pódio. “Ele soube usar a experiência dele bem. Eu estava me sentindo muito bem para essa luta, não tem desculpa, nem lesão, nada. Trabalhei da melhor forma possível, a luta ficou um pouco agarrada, acho que foi a estratégia dele, não estava conseguindo boxear. Ele acabou parando comigo na curta, não estava esperando. Mas mesmo sem esperar, eu estava pronto, fiz o que consegui fazer. Tentei explodir, acertar o corpo dele, minar o gás dele, mas ele acabou sendo melhor”, reconheceu Abner.

Assim como Abner Teixeira, Hebert Conceição e Bia Ferreira também já garantiram medalha após avançarem às semifinais em suas categorias.

Essa foi a 14ª medalha do Brasil nas Olimpíadas, o oitavo bronze.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Vídeos
Últimas notícias