Nadal cutuca postura de Djokovic: “Se quisesse, estaria jogando”

Tenista espanhol, que está na cidade de Melbourne, reforçou a necessidade de vacinação na luta contra a Covid-19

atualizado 06/01/2022 16:17

Novak Djokovic e Rafael NadalJohn Berry/Getty Images

O tenista espanhol Rafael Nadal se pronunciou nesta quinta-feira (6/1), sobre a polêmica presença de Novak Djokovic na Austrália. Em Melbourne, Nadal comentou sobre o posicionamento do rival, que optou por não se vacinar contra a Covid-19 e acabou tendo seu passaporte negado ao chegar no país.

“Se quisesse, estaria jogando sem problemas na Austrália. Ele tomou suas próprias decisões e todo mundo é livre para tomar as próprias decisões, mas existem, então, consequências. Ele sabia das condições há meses. O mundo sofreu o suficiente, há que vacinar-se”, disparou o espanhol.

Nadal testou positivo para a doença recentemente. Ele reforçou o coro para necessidade de vacinação contra a Covid-19.

“Eu tive covid, fui vacinado duas vezes. Se isso for feito, você não terá nenhum problema em jogar aqui. Essa é a única coisa que está clara”, acrescentou.

Djokovic vive uma verdadeira novela na tentativa de disputar o aberto da Austrália. Agora, o sérvio terá que aguardar até segunda-feira (10/1), que definirá se ele será deportado ou não. O pai do tenista, Srjdan Djokovic, afirmou que o filho está sendo mantido em cativeiro no país, já que as autoridades determinaram que ele deve ficar em um hotel até que os trâmites diplomáticos sejam concluídos.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

 

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias