Djokovic desiste do jogo no terceiro set e Wawrinka avança no US Open

Suíço, que vencia o jogo por 2 x 0 no momento do abandono do sérvio, enfrentará russo Daniil Medvedev nas quartas de final do torneio

Matthew Stockman/Getty ImagesMatthew Stockman/Getty Images

atualizado 02/09/2019 10:04

As fortes dores no ombro esquerdo derrubaram o atual número 1 do mundo no US Open. Contra um inspirado suíço Stan Wawrinka, pelas oitavas de final, o sérvio Novak Djokovic tentou o máximo que pôde na quadra Arthur Ashe, a principal do complexo de Flushing Meadows, em Nova York, mas sucumbiu à lesão que sofreu ainda na segunda rodada e desistiu do Grand Slam quando perdia no terceiro set por 2/1 com o placar favorável ao rival por 2 x 0, com as parciais de 6/4 e 7/5, depois de 1 hora e 46 minutos de jogo.

Os problemas de Djokovic com o ombro esquerdo começaram na partida contra o argentino Juan Ignacio Londero na última quarta-feira (28/09/2019), ainda pela segunda rodada. Por pouco o sérvio desistiu naquela ocasião, mas conseguiu se superar e ganhou por 3 sets a 0, placar que foi repetido dois dias depois contra o norte-americano Denis Kudla.

Neste domingo (01/09/2019), o líder do ranking tentou desafiar as dores contra um tenista mais experiente, mas encontrou pela frente um rival em grande fase. Ex-número 3 do mundo, Wawrinka aparece atualmente no 24º lugar do ranking da ATP. Passou por duas cirurgias no joelho esquerdo em 2017 e chegou a sair do Top 200 por conta da longa inatividade e da demora para voltar a ter bons resultados.

Agora, Wawrinka busca um novo título em Nova York – em 2016 bateu justamente Djokovic na final. O suíço de 34 anos terá pela frente o russo Daniil Medvedev, número 5 do mundo e dono de 10 vitórias seguidas no circuito profissional.

O sérvio, tricampeão do US Open e vencedor da edição passada, irá manter apenas 180 dos 2 mil pontos que precisava defender em Nova York. Ainda assim, não corre o risco de perder a liderança do ranking após o torneio. Só não conseguirá ficar mais perto dos rivais Roger Federer e Rafael Nadal no número de títulos de Grand Slam. Segue com 16, contra 18 do espanhol e 20 do suíço.

Classificação

PosTimePÚltimos
jogos
1Flamengo42
W W W W W
2Palmeiras39
D L W W W
3Santos37
L D W D L
4Internacional33
W L W W W
5Corinthians32
W D W D L
6São Paulo32
W L D L D
7Bahia31
D W W W D
8Grêmio28
D W D W W
9Atlético-MG27
L L L L L
10Botafogo27
L D L W D
11Athletico-PR26
L L W D L
12Vasco23
L W L L W
13Ceará22
L L L D D
14Fortaleza22
L D W L D
15Goiás21
D W L L L
16Fluminense18
L L W L W
17Cruzeiro18
W D W L L
18CSA16
W D L W D
19Chapecoense14
W D L L L
20Avaí13
L D W L W
Últimas notícias