Jussier Formiga volta ao DF, local que o alçou ao UFC

Será o terceiro compromisso do potiguar no Ginásio Nilson Nelson, contabilizando todos os eventos por onde ele passou

Buda Mendes/Zuffa LLC/Zuffa LLC via Getty Images

atualizado 14/01/2020 23:04

A relação entre o potiguar Jussier Formiga e o Ginásio Nilson Nelson é antiga. Afinal, foi no maior ginásio de Brasília que o lutador, atualmente 2º colocado entre os pesos-mosca do UFC, disputou o último combate antes de assinar contrato com a maior organização de MMA do planeta. Foi também na capital federal que o atleta enfrentou Dustin Ortiz, em 2016, se recuperando de um revés diante de Henry Cejudo, que posteriormente conquistaria o cinturão da divisão.

É com esta aura de invencibilidade na cidade que o lutador nascido em Natal (RN) subirá no octógono mais famoso do mundo no dia 14. No combate de número 30 da carreira, Formiga enfrentará o norte-americano Brandon Moreno, atual 5º lugar do ranking da categoria. As boas lembranças da cidade funcionam como motivação a mais para o lutador, que tem o cartel de 23 vitórias e seis derrotas.

“Defendi o título do Shooto em Brasília e acabei fechando com o UFC logo depois. É uma cidade que traz boas lembranças e que tem uma torcida muito vibrante. Estou muito feliz com mais uma luta no Brasil e em Brasília e espero fazer um bom espetáculo para todos vocês”, recorda.

Relação com brasilienses
Representante da academia American Top Team, localizada em Coconut Creek, na Flórida (EUA), Jussier Formiga tem como companheiros de treinos nomes como os brasilienses Renato Moicano e Rani Yahya. Para o potiguar, ter a oportunidade de praticar com nomes relevantes do UFC é excelente para se manter em alto nível.

“A nossa academia (ATT) é muito grande. A gente treinar com muita gente de Brasília e isso é um prazer. É muito bom treinar com feras como o Renato Moicano, Rani Yahya, que tem um chão muito forte e vai lutar em Brasília e a gente vai ‘pra fazer zoada’ na cidade. É uma cidade que revela grandes lutadores e a gente só tem a ganhar com eles no treinamento”, ressalta.

O card do dia 14 de março será a terceira passagem do UFC pela capital federal. Na visão de Formiga, Brasília tem potencial para receber ainda mais eventos. Até o momento, todos os cards realizados na cidade foram no formato Fight Night e não contaram com disputas de cinturão.

“Com certeza tem potencial para receber mais eventos. Brasília é uma cidade imensa, que não deixa a desejar em nada. Lutar em uma cidade como Brasília serve de motivação para essa nova geração que está começando”, pondera.

Confira abaixo o card do evento até o momento:

Peso-leve: Kevin Lee x Charles do Bronx
Peso-meio-médio: Demian Maia x Gilbert Durinho
Peso-meio-pesado: Johnny Walker x Nikita Krylov
Peso-palha: Amanda Ribas x Paige VanZant
Peso-mosca: Maryna Moroz x Mayra Sheetara
Peso-meio-médio: Elizeu Capoeira x Alexey Kunchenko
Peso-galo: Rani Yahya x Enrique Barzola
Peso-galo: Veronica Macedo x Bea Malecki
Peso-mosca: Jussier Formiga x Brandon Moreno
Peso-leve: Francisco Massaranduba x John Makdessi

Últimas notícias