Zagueiro de treta com Neymar comemora absolvição e diz que não é racista

Álvaro Gonzalez foi às redes sociais agradecer membros do Olympique de Marselha e torcedores que o apoiaram em confusão com o brasileiro

atualizado 01/10/2020 18:30

Neymar e Álvaro GonzálezAurelien Meunier - PSG/PSG via Getty Images

Assim como Neymar, o zagueiro Álvaro Gonzalez foi absolvido de punição após confusão na partida entre Olympique de Marselha e PSG, no dia 6 de setembro. Nesta quinta-feira (1º/10), o defensor foi às redes sociais agradecer o apoio de torcedores e dirigentes e afirmou que nunca foi racista. Gonzalez foi acusado do ato pelo jogador brasileiro.

“Esse pesadelo é, em parte, recompensado com uma sentença mais que merecida. Nunca fui e nem serei uma pessoa racista. Um muito obrigado ao Marselha pela confiança e lealdade, e também aos nossos torcedores por todo o carinho. Nos vemos no campo”, disse o zagueiro no Twitter.

Durante e após a partida, Neymar acusou o zagueiro de racismo. Segundo o atacante, Gonzalez teria chamado o brasileiro de “mono”, macaco em espanhol. O defensor negou e chamou Neymar de mau perdedor. O PSG foi derrotado por 1 x 0. O avante foi punido com dois jogos por ter agredido o rival.

Confira a postagem de González:

 

Vídeos
Últimas notícias