*
 

Após a vitória da Inglaterra sobre a Colômbia, os quatro confrontos válidos pelas quartas de final da Copa do Mundo foram definidos com algumas surpresas e a certeza de que apenas uma final poderá se repetir: Brasil x Suécia, que jogaram em 1958. Qualquer outro confronto será inédito na decisão do Mundial.

A Seleção Brasileira vai jogar na sexta-feira (6/7), contra a Bélgica, às 15h. Os jogos das quartas de final serão realizados na sexta e sábado. Logo, quarta (4) e quinta-feira (5) não terão jogos da Copa. Os quatro classificados jogam a semifinal na terça e quarta-feira (um jogo por dia) da próxima semana. A final do Mundial ocorre no domingo (15), ao meio-dia, e a decisão de terceiro e quarto será no sábado (14h), ambos às 11h. Saiba quais são os jogos e horários das quartas de final.


Uruguai x França – sexta-feira, às 11h

O Uruguai chega nas quartas de final após derrotar Portugal por 2 x 1 nas oitavas de final e ter ficado em primeiro lugar no grupo A, com nove pontos. Já a França eliminou a Argentina por 4 x 3, nas oitavas, e anteriormente ficou em primeiro do Grupo C, com sete pontos.

Brasil X Bélgica – sexta-feira, às 15h
A Seleção Brasileira derrotou o México por 2 x 0 na segunda-feira e se classificou para as quartas. Antes, somou sete pontos e ficou como líder do grupo E. A Bélgica despachou o Japão em uma incrível virada por 3 x 2, após passar como primeiro colocado do grupo G, com nove pontos.

Suécia x Inglaterra – sábado, às 11h
A Suécia fez um jogo morno, mas derrotou a Suíça por 1 x 0 nas oitavas e anteriormente ficou em primeiro lugar do grupo F, com seis pontos. Já a Inglaterra superou a Colômbia por 4 x 3 nos pênaltis, após empatar em 1 x 1 no tempo normal e na prorrogação, depois de ter acabado a primeira fase em segundo no grupo G, com seis pontos.

Rússia x Croácia – sábado, às 15h
Dona da casa, a Rússia surpreendeu e eliminou a Espanha nas oitavas por 4 x 3 nos pênaltis, após empate por 1 x 1 no tempo normal e prorrogação. Na primeira fase, passou em segundo do grupo A, com seis pontos. A Croácia também precisou levar as oitavas para as penalidades e superou a Dinamarca por 3 x 2, depois de ficar no 1 x 1 no tempo normal e prorrogação. Na primeira fase, os croatas ficaram com nove pontos e a liderança do grupo D. (Com informações da Agência Estado)