Messi está perto de trocar PSG por time dos EUA, diz jornal

Com contrato perto do fim com o time francês, Lionel Messi pode deixar a Europa para assinar com o clube de David Beckham

atualizado 27/11/2022 16:35

Lionel Messi comemora gol com a camisa do PSG - Metrópoles Xavier Laine/Getty Images

Em alta na Copa do Mundo, Lionel Messi pode estar de saída do Paris Saint Germain. Com contrato com o clube francês até o meio de 2023, o craque argentino pode estar de saída da França — e da Europa. Até o momento, o camisa 10 marcou dois gols pela Argentina, que ainda tem a vaga às oitavas sob risco.

De acordo com o jornal inglês The Time, o recordista em bolas de ouro estaria negociando com o Inter Miami, que disputa a Major League Soccer (MLS), dos Estados Unidos, e que tem o ex-jogador David Beckham como acionista majoritário.

O Times revela que o clube estadunidense nutre expectativas de que o negócio com Messi seja selado após a participação da Argentina na Copa do Mundo do Catar. O periódico ainda especula que o atacante se tornaria o atleta mais bem pago do mundo. Já o The Athletic explica que as conversas entre as duas partes não começaram neste ano, mas, sim, em outubro de 2022.

Além do seis vezes melhor do mundo, o Inter Miami ainda teve outros nomes especulados para a próxima janela de transferência. O Espanhol Fábregas e o uruguaio Luis Suárez, ex-companheiros de Messi, podem aparecer no clube de David Beckham.

A imprensa europeia já veiculava a possibilidade de Lionel Messi não renovar com o PSG. Ele chegou à França em 2021, após o Barcelona não conseguir arcar com o seu salário. Vale lembrar que em dezembro, seis meses antes do fim do contrato com o clube, o argentino pode assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe.

Argentina na Copa do Mundo do Catar

Após a derrota por 2 x 1 para a Arábia Saudita, na estreia da Copa do Mundo, a Argentina se recuperou contra o México e venceu por 2 x 0. O resultado colocou o hermanos na segunda posição do grupo, atrás apenas da Polônia, que ganhou uma e empatou outra.

Na última rodada, Messi e companhia enfrentam a seleção de Lewandowski e precisam da vitória para se classificar. Caso contrário, os sul-americanos deixam a competição mais cedo.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias