Maior goleada da história na Copa Feminina: EUA 13 x 0 Tailândia

O jogo em Reims, na França, o placar foi o mais elástico da história da competição, cuja primeira edição foi realizada em 1991

Catherine Steenkeste/Getty ImagesCatherine Steenkeste/Getty Images

atualizado 11/06/2019 20:37

Atual campeã do mundo, a seleção de futebol dos Estados Unidos aplicou uma impiedosa goleada por 13 a 0 sobre a Tailândia, nesta terça-feira (11/06/2019), em Reims, na França, em sua estreia no Mundial Feminino. Foi o placar mais elástico da história da competição, cuja primeira edição foi realizada em 1991.

Este resultado superou o feito obtido pela Alemanha em 2007, quando massacrou a Argentina em sua campanha rumo ao título mundial, garantido com uma vitória por 2 a 0 sobre o Brasil na decisão do torneio, realizado na China.

As norte-americanas abriram a vantagem de “apenas” 3 a 0 no primeiro tempo do duelo com as tailandesas, mas depois balançaram as redes por dez vezes na etapa final para aplicar a goleada recorde no torneio.

Catherine Steenkeste/Getty Images

A atacante Alex Morgan, com cinco gols, foi o grande destaque do confronto, no qual Rose Lavelle e Samantha Mewis marcaram duas vezes cada. Lindsey Horan, Megan Rapinoe, Mallory Pugh e Carli Lloyd, que fechou o placar, também venceram a goleira Alyssa Naeher durante o duelo histórico.

Alex Morgan ainda igualou um recorde ao se tornar a segunda jogadora a marcar em cinco ocasiões em uma única partida de um Mundial. Ela igualou o feito de sua compatriota Michelle Akers, que fez cinco gols na vitória por 7 a 0 dos EUA sobre Taipei nas quartas de final da competição em 1991.

“Nós realmente viemos para o jogo querendo muito nos exibir da melhor forma. Todo gol importa neste torneio e é para isso que nós trabalhamos”, ressaltou Morgan ao comentar o seu feito e também a inédita goleada da seleção norte-americana.

Este duelo em Reims fechou a primeira rodada do Grupo F do Mundial, que horas mais cedo foi aberto com a Suécia superando o Chile por 2 a 0, em Rennes, com gols de Kosovare Asllani e Madelen Janogy no final do segundo tempo.

Tricampeã do mundo, com os títulos obtidos em 1991, 1999 e 2015, a seleção dos Estados Unidos é a maior vencedora da história da competição e voltará a campo no próximo domingo, quando enfrentará as chilenas no estádio Parque dos Príncipes, em Paris No mesmo dia, suecas e tailandesas medirão forças em Nice.

No outro confronto realizado nesta terça-feira pelo Mundial da França, a Holanda derrotou a Nova Zelândia por 1 a 0, em Le Havre, com um gol de Roord, nos acréscimos do segundo tempo. O duelo fechou a primeira rodada do Grupo E, que foi aberto na segunda-feira com o Canadá superando Camarões, também por 1 a 0, em Montpellier.

Classificação

PosTimePÚltimos
jogos
1Flamengo77
W D W W W
2Palmeiras67
W W W W D
3Santos64
D W W W W
4Grêmio56
W W W W W
5São Paulo52
W L W L L
6Athletico-PR50
W D W D W
7Internacional49
W D L L W
8Corinthians49
D L L W D
9Bahia43
L L D D L
10Goiás42
L D W L L
11Vasco42
D L D L W
12Atlético-MG40
L L D W D
13Fortaleza39
D W D L W
14Botafogo36
L L L L W
15Ceará36
D W L W L
16Cruzeiro35
D W D D D
17Fluminense34
D L D W L
18CSA29
L W L L L
19Chapecoense22
D W L D L
20Avaí17
L L L L L
Últimas notícias