Inter de Milão derrota Bayer Leverkusen e avança à semifinal da Liga Europa

O adversário do time italiano sairá do duelo entre Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, e Basel, da Suíça, em Gelsenkirchen

atualizado 10/08/2020 19:13

Inter de Milão LukakuMarius Becker/picture alliance via Getty Images

Em busca de um título na temporada 2019/2020 – foi vice no Campeonato Italiano e caiu nas semifinais da Copa da Itália -, a Inter de Milão mostrou força nesta segunda-feira (10/8) ao avançar às semifinais da Liga Europa. Com bom futebol, especialmente no primeiro tempo, a equipe italiana derrotou o Bayer Leverkusen, da Alemanha por 2 x 1, na Merkur Spiel-Arena, na cidade de Dusseldorf, em solo alemão.

Jogar na Alemanha, que recebe as fases decisivas da Liga Europa, tem dado sorte para a Inter de Milão recentemente. Na semana passada, também em partida única pela fase de oitavas de final, em Gelsenkirchen, a equipe italiana ganhou do Getafe, da Espanha, por 2 x 0.

Nas semifinais, a Inter de Milão conhecerá nesta terça-feira quem será o seu adversário. Ele sairá do duelo entre Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, e Basel, da Suíça, em Gelsenkirchen. O confronto que definirá um dos representantes da final no próximo dia 23, em Colônia, será na segunda-feira em Dusseldorf.

Para derrotar o Bayer Leverkusen, o time de Milão contou com os gols de Barella e de Lukaku. O centroavante belga alcançou um recorde relevante ao marcar o segundo da Inter de Milão. O atleta marcou em nove jogos consecutivos da Liga Europa, um recorde da competição.

Pela Inter de Milão, Lukaku marcou nas quatro partidas que disputou pela equipe até o momento – Ludogorets Razgrad, da Bulgária (duas vezes), Getafe e Bayer Leverkusen. Os outros gols foram marcados quando o belga estava no Everton, da Inglaterra, que disputou a Liga Europa na temporada 2014/2015.

Contando todas as edições de Liga Europa que disputou desde o período em que estava no Anderlecht, da Bélgica, Lukaku tem 17 gols em 31 jogos. Com a camisa da Inter de Milão nesta temporada são 31 gols em 49 jogos, incluindo quatro pela competição continental.

O jogo

Em campo, o primeiro tempo começou com a Inter de Milão pressionando e buscando abrir o placar logo no início. O Bayer Leverkusen parecia sentir o peso do jogo e encontrava muitas dificuldades. Assim, aos 14 minutos saiu o primeiro gol. Lukaku recebeu de Ashley Young e tentou fazer o pivô para finalizar. No momento do chute, a bola foi travada e sobrou com Barella, que mandou cruzado para a rede.

Pouco depois, aos 19 minutos, a Inter de Milão fez o segundo. Lukaku recebeu novamente no pivô e a tentativa deu certo desta vez. Com toda sua força, o belga girou para a esquerda e, mesmo caindo, conseguiu dar um toque para o gol defendido pelo goleiro Hradecky.

A resposta do Bayer Leverkusen não demorou para acontecer e o prejuízo foi diminuído aos 24 minutos. Após tabela dentro da área, Havertz recebeu e chutou forte. O goleiro Handanovic não conseguiu fazer a defesa e viu a bola entrar em sua meta.

Em um ritmo alucinante, um minuto depois do gol do Bayer Leverkusen o árbitro assinalou pênalti para a Inter de Milão depois da bola tocar no braço de Sinkgraven. Porém, o VAR entrou em ação e a penalidade foi anulada. O mesmo aconteceu nos minutos finais da partida, quando um lance de pênalti para os italianos foi anulado por uma falta na origem da jogada.

Do lance do primeiro pênalti anulado até o final do jogo, o Bayer Leverkusen tentou usar um pouco mais de velocidade em seu ataque para furar a defesa italiana, mas Handanovic foi pouco ameaçado.

Vídeos
Últimas notícias