Grêmio aproveita chances, bate Bahia, e avança na Copa do Brasil

Duelo de tricolores foi marcado pelo elevado número de cartões amarelos (8), além de uma expulsão, distribuídos durante o jogo

Felipe Oliveira/EC BahiaFelipe Oliveira/EC Bahia

atualizado 18/07/2019 9:48

Em noite de casa cheia na Arena Fonte Nova, os mais de 60 mil torcedores presenciaram um espetáculo com muito mais jogadas duras do que emoções em campo. No fim, o Grêmio conseguiu aproveitar melhor as chances que teve no segundo tempo para superar a pressão exercida pela torcida do Bahia e vencer por 1 x 0, garantindo uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil.

O primeiro tempo teve poucas oportunidades claras de gol para as duas equipes. A primeira foi logo no início da etapa inicial, aos quatro minutos. Em lance de bola parada, Matheus Henrique ficou com a sobra do chute de Jean Pyerre e ficou cara a cara com o goleiro Douglas Friedenreich, mas mandou a finalização por cima do gol. Com o cronômetro marcando 25 minutos, foi a vez do Bahia assustar. Depois do corte do zagueiro Kannemann, Lucas Fonseca arriscou, mas Paulo Victor fez a defesa e impediu que os baianos abrissem o placar. Aos 42, foi André quem teve grande chance, ao arriscar para o gol e obrigar Douglas Friedenreich a brilhar, no último lance de impacto do primeiro tempo.

Precisando da vitória para afastar o risco dos pênaltis, os técnicos das duas equipes promoveram alterações antes da metade do segundo tempo. No Bahia, Arthur Caíke entrou no lugar de Élber, enquanto Luan assumiu a vaga de Jean Pyerre. Aos 18, o prêmio para o Grêmio: em boa jogada de Matheus Henrique, Alisson recebeu e tirou dois marcadores antes de tocar no canto, sem chances para o goleiro do Bahia.

O VAR ainda daria o ar da graça na Fonte Nova. Aos 27, Alisson aproveitou a velocidade e invadia a área quando foi derrubado por Moisés. De início, o árbitro Bráulio da Silva Machado deu pênalti. Ao revisar a jogada, o juiz voltou atrás e marcou a infração fora da área, mas expulsou o jogador do Bahia, por se tratar de uma chance clara e manifesta de gol a favor do Grêmio. Arthur Caíke teve grande chance de empatar o jogo, mas cabeceou para fora, para desespero da torcida baiana. O árbitro de vídeo ainda apareceria na reta final da partida, em um lance de toque de mão de Lucas Fonseca. O árbitro do duelo, porém, não viu infração e a partida seguiu, debaixo da forte chuva que castigou a capital baiana.

Classificação

PosTimePÚltimos
jogos
1Flamengo78
D W W W D
2Palmeiras67
W W W W D
3Santos64
D W W W W
4Grêmio56
W W W W W
5São Paulo52
W L W L L
6Athletico-PR50
W D W D W
7Internacional49
W D L L W
8Corinthians49
D L L W D
9Bahia43
L L D D L
10Vasco43
L D L W D
11Goiás42
L D W L L
12Atlético-MG40
L L D W D
13Fortaleza39
D W D L W
14Botafogo36
L L L L W
15Ceará36
D W L W L
16Cruzeiro35
D W D D D
17Fluminense34
D L D W L
18CSA29
L W L L L
19Chapecoense22
D W L D L
20Avaí17
L L L L L
Últimas notícias