Gabriel Jesus recorda angústia após Copa da Rússia: “Momento mais difícil”

Atacante do Manchester City e da Seleção Brasileira reconhece que ficou abalado, mas afirma que já superou ter passado em branco no Mundial

atualizado 13/05/2020 14:24

Gabriel Jesus leva carrinho na Copa da RússiaHector Vivas/Getty Images

O jovem atacante Gabriel Jesus goza de prestígio com o técnico Pep Guardiola no Manchester City. Mas nem sempre o brasileiro de 23 anos esteve em alta no clube inglês, sobretudo após a exibição apagada na Copa do Mundo da Rússia.

Após passar quarentena ao lado da família no Brasil, ele retornou para Manchester, onde faz treinamentos em sua casa. De acordo com Gabriel Jesus, foram esses mesmos familiares e amigos que o recuperaram após o Mundial em 2018. Na ocasião, ele terminou a competição sem marcar um gol.

0

“Aquele foi momento mais difícil como jogador, mas superei, trabalhei, conquistei de novo meu espaço. Isso me abalou apenas no começo da temporada, faz tempo que não abala mais. Conversei bastante com minha família e meus amigos”, reconheceu o atacante, em entrevista ao jornal Estado de São Paulo.

Assim como os demais jogadores do City, Gabriel Jesus ainda não retornou às atividades no Centro de Treinamento. O clube inglês ainda estuda protocolos para garantir a segurança em relação ao novo coronavírus, mas deve ocorrer em breve.

Vídeos
Últimas notícias