Flamengo x Palmeiras em Brasília já teve pancadaria e defesa de zagueiro

No dia 5 de junho de 2016, o time de Zé Ricardo perdeu de 2 x 1 para o de Cuca, mas o que roubou a cena foi uma confusão entre as torcidas

atualizado 19/01/2021 22:04

Flamengo x PalmeirasCesar Greco / Fotoarena

Flamengo e Palmeiras voltam a se enfrentar em Brasília, no Mané Garrincha, nesta quinta-feira (21/1), pelo Brasileirão, e mais uma vez o jogo vai pegar fogo. Em 2016, os times se encontraram na capital pela 6ª rodada do campeonato e teve de tudo.

Naquele dia, 5 de junho, o Flamengo foi escalado por Zé Ricardo com: Alex Muralha; Rodinei, César Martins, Léo Duarte e Jorge; Éverton, Willian Arão, Márcio Araújo, Alan Patrick, Fernandinho e Felipe Vizeu. Enquanto o Palmeiras de Cuca tinha: Fernando Prass; Tchê Tchê, Vitor Hugo, Thiago Martins e Fabrício; Dudu, Moisés, Jean, Matheus Sales, Roger Guedes e Gabriel Jesus.

O então dono da camisa 33, Gabriel Jesus, abriu o placar para o Porco logo aos 4 minutos do primeiro tempo e viu, dois instantes depois, Alan Patrick empatar para o rubro-negro.

Pancadaria e gás de pimenta

No intervalo da partida, membros das torcidas organizadas rivais (Mancha Alviverde do Palmeiras e Torcida Jovem do Flamengo) se encontraram nos corredores comuns, onde ficam bares e restaurantes, e começaram a se bater no meio de pessoas que não estavam envolvidas na confusão.

A polícia precisou intervir, precisou usar gás de pimenta para conter os responsáveis e a quantidade do fluido foi tanta que boa parte do estádio sentiu os sintomas dele (falta de ar, por exemplo), inclusive dentro de campo.

Ficou marcada a imagem dos jogadores de ambos os times passando mal com o gás antes do início do segundo tempo. A partida demorou a recomeçar após o intervalo para diminuir a quantidade da substância no ar. No ano passado, o Flamengo foi condenado na Justiça por esse ocorrido e teve de pagar R$ 282.856,50 por danos morais coletivos.

Na etapa final, o jogo foi decidido após o zagueiro do Flamengo, César Martins fazer uma defesa de goleiro que resultou na sua expulsão e pênalti para o Palmeiras. Jean cobrou e fez 2 x 1, o placar da vitória alviverde.

Jogo decisivo

Quatro anos e sete meses depois, as equipes regressam ao Mané Garrincha para um duelo que vale muito para ambos os lados. O Flamengo, 4º colocado na tabela, com 52 pontos, precisa da vitória para seguir na briga pelo título e, quem sabe, ficar a dois pontos do líder São Paulo — que entra em campo nesta quarta (20/1), contra o Internacional, 2º colocado.

Enquanto o Palmeiras, 5º na classificação, com 51 pontos, também quer vencer para tentar vencer todos as competições que disputou em 2020. Campeão do Campeonato Paulista e já nas finais da Libertadores e da Copa do Brasil, o time de Abel Ferreira ainda tem forças para chegar perto de mais um troféu.

A bola rola às 19h, horário de Brasília, pela 31ª rodada do Brasileirão.

Vídeos
Últimas notícias