Em jogo muito movimentado, Gabriel Jesus marca e City derrota o Chelsea

Brasileiro marca no segundo tempo e faz o gol da vitória dos Citizens sobre os Blues

atualizado 25/09/2021 10:24

Matt McNulty - Manchester City/Manchester City FC via Getty Images

Quem acordou cedo para assistir o clássico inglês entre Chelsea e Manchester City, pelo Campeonato Inglês, não se arrependeu. Em um confronto muito movimentado, os clubes fizeram valer o esforço.

Melhor para os Citizens, que dominaram o jogo e venceram por 1×0, com gol de Gabriel Jesus. O prejuízo só não foi maior porque o goleiro Mendy e Thiago Silva salvaram o Chelsea.

Primeiro tempo

O jogo era no Stamford Bridge, mas quem dominou o primeiro tempo foi o Manchester City. Os Citizens tiveram mais posse de bola (67% x 33%), chutaram mais para o gol (6×1) e sobraram nos escanteios (9×1).

Porém, esse massacre dentro de campo não gerou nenhuma finalização certa. Mesmo que Gabriel Jesus e De Bruyne tenham tentado balançar as redes, mas erraram o alvo, os visitantes não conseguiram converter o domínio em gols. Os goleiros nem chegaram a sujar os uniformes.

Bem movimentado, o 0x0 ficou barato para o Chelsea, que pouco conseguiu acionar Lukaku e Timo Werner, e contou com um inspirado Rudiger, que subiu um paredão na zaga dos Blues.

Segundo Tempo

Os clubes mudaram o lado de campo, mas não o domínio de jogo. Muito melhor no jogo, o City balançou as redes logo no primeiro chute a gol, aos seis minutos de jogo.

Após escanteio, o time de Pep Guardiola girou a bola, que caiu nos pés de Cancelo. O português dominou e chutou de fora da área. Porém, a bola bateu em Gabriel Jesus, que dominou, girou e contou com um desvio na zaga para abrir o placar, 1×0.

O gol mudou o panorama do jogo, mas por alguns minutos apenas. O Chelsea tentou sair, mas não conseguiu assustar.

Logo, logo, o City quase chegou ao segundo gol. Com nove minutos, Grealish recebeu na ponta, chamou Azpilicueta para dançar e chutou forte, cruzado. Atento, Mendy fez uma linda defesa e jogou a bola para escanteio.

E os Citizens não paravam. Aos 16 minutos, outra grande chegada dos visitantes. Grealish recebeu em profundidade e cruzou para dentro da área. Mendy tentou cortar, mas a bola ficou oferecida para Gabriel Jesus. O brasileiro chutou, mas Thiago Silva tirou o gol.

E a máxima do futebol quase se fez valer. No ataque seguinte, Havertz recebeu em profundidade, chamou toda a marcação e rolou para Lukaku empurrar para o gol vazio. Porém, o alemão estava muito impedido e o gol foi anulado.

O jogo continuou muito movimentado e muito aberto. Apesar do domínio do City, o Chelsea ia tentando costurar o empate.

Aos 26 minutos, os Blues construíram, uma bela jogada e ficou com Lukaku próximo a área. O belga rolou para Kovacic, que chutou forte. Rúben Dias, muito forte, deu um carrinho e jogou a bola para escanteio.

Aos 34 minutos, Laporte quase ampliou a vantagem para o City. De Bruyne cruzou falta da direita e o zagueiro francês chutou de primeira. Sem chances no lance, Mendy torceu muito e viu a bola raspar a trave e sair na linha de fundo.

E foi o senegalês que impediu o segundo gol do City aos 37. Grealish recebeu em profundidade e acelerou para ficar cara a cara com o goleiro dos Blues. O inglês tentou tirar do goleiro, mas este fez uma bela defesa e ficou com a redonda.

Com o resultado, o Manchester City chegou aos 13 pontos e terminou a rodada na segunda posição, atrás do Liverpool, que ainda joga na rodada.

Já o Chelsea, perdeu a invencibilidade e ficou na quarta posição, com o mesmo número de pontos, mas com um de saldo a menos.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesesportes

Vídeos
Últimas notícias