Em crise, Vasco paga um mês de salários atrasados a funcionários

Folha de outubro foi colocada em dia, enquanto a de novembro segue em aberto. Mês de dezembro ainda não venceu

Presidente do Vasco, Alexandre Campello, em entrevista coletivaPaulo Fernandes/Vasco.com.br

atualizado 06/01/2020 20:33

Atravessando crise financeira, o Vasco conseguiu, ao menos, quitar parte dos débitos com os funcionários do clube. Nesta segunda-feira (06/01/2020), o Cruzmaltino pagou os valores referentes ao mês de outubro àqueles que recebem remuneração de até R$ 3 mil. Agora, o clube luta para regularizar a a folha de novembro. A informação foi veiculada pelo GloboEsporte.com.

Vale ressaltar que, no Vasco, as folhas salariais vencem no dia 20 do mês seguinte, ou seja, o mês de dezembro ainda não estaria vencido. Os décimos-terceiros também são um problema a ser solucionado pela gestão de Alexandre Campello.

Enquanto luta para regularizar débitos dos funcionários, o time de São Januário também tem pendências financeiras com o elenco de 2019. O mês de novembro ainda não foi quitado e alguns atletas têm ainda valores referentes a direitos de imagem a receber.

Vídeos
Últimas notícias